arquivo

Arquivo da tag: poster

The Project Twin é um estúdio irlandês de design e ilustração criado pelos irmãos James e Michael Fitzgerald. Dentre os vários trabalhos legais da dupla, teve um que me encantou pela criatividade e bom humor. A-Z of Unusual Words é uma série de 26 posters que ilustram 26 palavras estranhas começadas com cada uma das 26 letras do alfabeto. As palavras são esquisitas e engraçadas, assim como suas definições. Ai vão alguns dos posters que mais gostei (seguidos de legendas explicativas).

BIBLIOCLASM
The practice of destroying, often ceremoniously, books or other written material and media.

CACODEMONOMANIA
The pathological belief that one is inhabited by an evil spirit.

FANFARONADE
Swaggering; empty boasting; blustering manner or behavior; ostentatious display.

MONTIVIGANT
Wandering over hills and mountains.

POGONOTROPHY
The act of cultivating, or growing and grooming, a mustache, beard, sideburns or other facial hair.

RECUMBENTIBUS
A knockout punch, either verbal or physical.

SCRIPTURIENT
Possessing a violent desire to write.

TARANTISM
A disorder characterised by an uncontrollable urge to dance.

WELTER
A confused mass; a jumble; turmoil or confusion.

YONDERLY
Mentally or emotionally distant; absent-minded.

“I believe that in design, 30% dignity, 20% beauty and 50% absurdity are necessary”. Esta declaração é do designer japonês Shigeo Fukuda e traduz bem o seu trabalho, que consegue ser ousado, expressivo e minimalista ao mesmo tempo. Fukuda ficou famoso pelos vários posters (muitos de caráter político e ambiental) que criou nas décadas de 70 e 80. São incríveis!

Sempre achei muito difícil desenvolver pictogramas. Criações ricas em detalhes podem parecer bem trabalhosas, mas sintetizar um monte de informações em poucos traços é muito mais. Quando se cria ícones e pictogramas seu trabalho está sempre correndo o risco de não estar tão sintetizado assim ou de estar sintetizado demais a ponto de não trasmitir a informação completa. Viktor Hertz é um designer sueco que não só sabe criar ícones bem legais como os usa bastante em seu trabalho. Ele desenvolveu uma linha de posters de filmes utilizando apenas pictogramas. O resultado é massa e, naturalmente, minimalista.