arquivo

Áustria

O artista austríaco Koloman Moser (1868-1918) foi um dos grandes nomes da Art Nouveau e seu talento e criatividade eram sem limites. Além de se dedicar as artes plásticas, Moser atuou como designer de selos, livros, revistas, moda, vitrais, mobiliário, porcelana, cerâmica, joalharia, entre outros. Olha que massa seus trabalhos com estampas e tipografias!

KolomanMoser-17KolomanMoser-12KolomanMoser-13KolomanMoser-15KolomanMoser-16KolomanMoser-18KolomanMoser-19KolomanMoser-2 KolomanMoser-3KolomanMoser-6 KolomanMoser-7 KolomanMoser-9 KolomanMoser-11

Anúncios

Josef Frank (1885-1967) é um dos mais importante nomes na história do design têxtil no mundo. O arquiteto e designer austríaco começou a atuar nesta área apenas aos 50 anos de idades, quando se mudou para a Suécia e entrou para Svenskt Tenn, companhia de design de interiores fundada em 1924. Frank criou uma infinidade de estampas maravilhosas, a grande maioria com temas botânicos. Suas criações são riquíssimas em cores, detalhes e bom gosto. O que mais me impressiona é o fato de suas estampas, desenvolvidas há mais de 50 anos atrás, serem tão atuais. Até hoje a Svenskt Tenn comercializa o legado de Frank, seja como tecidos, papeis de parede ou estofados. E ele continua tornando os lares mais bonitos.



Sou uma grande admiradora do trabalho de Saul Steinberg, artista romeno famoso pela várias capas e ilustrações que desenvolveu para a revista americana The New Yorker. Recentemente conheci um de seus projeto desenvolvido em parceria com a renomada fotógrafa Inge Morath, chamado Le Masque. Morath fotografou pessoas usando máscaras desenhadas por Steinberg em sacos de papel. As máscaras são incríveis e adoro o efeito dos vários rostos sorridentes contextualizados em situações comuns, sendo usados por pessoas normais. Parece uma colagem. Na penúltima foto, o proprio Steinberg usa uma de suas criações.