arquivo

arte

O trabalho de Izziyana Suhaimi enche os olhos com tanta delicadeza e perfeição. A singapurense reúne em sua arte bordados belíssimos e ilustrações feitas em grafite e aquarela. Um dos aspectos que acho mais legal é a variedade de texturas proporcionada pelas diversas técnicas utilizadas.

Fiquei surpresa ao descobri que Olaf Hajek é alemão. Seu trabalho me lembra tanto Frida Kahlo (e acredito que seja uma de suas inspirações), que tive a certeza de que ele era de algum lugar da América Latina. Hajek cria mundos fantásticos e inspiradores com sua arte. Suas ilustrações são sempre cheias de histórias místicas, figuras folclóricas, cores, texturas e uma grande diversidades de animais e plantas. É lindo e mágico.

O coreógrafo americano Tony Orrico conseguiu unir sua paixão por dança e desenho num único processo. Em suas performances, que podem durar de 15 minutos a 7 horas, o artista utiliza o próprio corpo como ferramenta para criar verdadeira obras de arte. É impressionante a precisão com que Tony, segurando um lápis em cada mão, repete mecanicamente os movimentos sobre o papel garantindo uma simetria perfeita de seus desenhos. Vale a pena assistir aos vídeos abaixo.