arquivo

Arquivo mensal: setembro 2012

As ilustrações do escocês Paul Blow são da categoria vale-mais-que-mil-palavras. A maioria das suas criações são desenvolvidas para projetos editoriais, por isso sempre carregam conceitos e idéias fortes para, além de dar suporte a publicação, deixar os leitores intrigados. O traço de Blow é massa e adoro a simplicidade com que ele usa as cores, nunca abrindo mão do preto.

The Project Twin é um estúdio irlandês de design e ilustração criado pelos irmãos James e Michael Fitzgerald. Dentre os vários trabalhos legais da dupla, teve um que me encantou pela criatividade e bom humor. A-Z of Unusual Words é uma série de 26 posters que ilustram 26 palavras estranhas começadas com cada uma das 26 letras do alfabeto. As palavras são esquisitas e engraçadas, assim como suas definições. Ai vão alguns dos posters que mais gostei (seguidos de legendas explicativas).

BIBLIOCLASM
The practice of destroying, often ceremoniously, books or other written material and media.

CACODEMONOMANIA
The pathological belief that one is inhabited by an evil spirit.

FANFARONADE
Swaggering; empty boasting; blustering manner or behavior; ostentatious display.

MONTIVIGANT
Wandering over hills and mountains.

POGONOTROPHY
The act of cultivating, or growing and grooming, a mustache, beard, sideburns or other facial hair.

RECUMBENTIBUS
A knockout punch, either verbal or physical.

SCRIPTURIENT
Possessing a violent desire to write.

TARANTISM
A disorder characterised by an uncontrollable urge to dance.

WELTER
A confused mass; a jumble; turmoil or confusion.

YONDERLY
Mentally or emotionally distant; absent-minded.

O renomado fotógrafo Philippe Halsman, cansado do convencional, resolveu fazer retratos das pessoas em pleno pulo. Segundo Halsman, durante o pulo, a pessoa, numa súbita explosão de energia, vence a gravidade. Nessas circunstâncias, ela não consegue controlar ao mesmo tempo suas expressões, seus músculos faciais e corporais. É neste momento que a “máscara cai” e o verdadeiro eu se revela. Essa sua teoria foi depois chamada de Jumpology. Com esse filosofia Halsman fez fotos incríveis de pessoas íncriveis. O artista Salvador Dalí, as atrizes Marilyn Monroe e Brigitte Bardot, o ex-presidente americano Richard Nixon, o escritor Aldous Huxley, o duque e a duquesa de Windsor, entre várias outras celebridades, posaram para as lentes de Halsmam. Ou melhor, pularam. As fotos foram publicadas em 1959 no Philippe Halsman’s Jump Book.

As pinturas da americana Jennifer Davis chamam atenção pelo contraste. São delicadas e femininas e, ao mesmo tempo, bizarras e perturbadoras. O caráter contrastante também está nas (muito bem selecionadas) paletas de cores, que sempre misturam tons pastéis e cores vibrantes gerando um resultado massa. A seleção de cores é um dos pontos mais importantes do processo criativo de Davis. Na maioria das vezes, ela defini as cores antes mesmo de pensar no tema que vai pintar.